Sonda Odyssey, da NASA, fotografa lua marciana depois de 16 anos

Por Redação | 09 de Outubro de 2017 às 12h32

Há 16 anos, a sonda Odyssey, da NASA, orbita Marte para estudá-lo, e, pela primeira vez, registrou Fobos, uma das duas luas do Planeta Vermelho. A imagem mostra a leitura de calor do satélite natural.

Fobos em leitura térmica (Reprodução: NASA)

As fotos foram registradas no dia 29 de setembro a uma distância de mais ou menos 5.600 quilômetros. O satélite já havia sido fotografado anteriormente, mas essa foi a primeira vez que a Odyssey registrou uma imagem de Fobos. O motivo é que a sonda fica virada para o planeta, analisando coisas como sua geologia, atividade de água e possibilidade de algum tipo de vida. Mas os cientistas da NASA recentemente desenvolveram uma técnica de manobra para que a Odyssey conseguisse girar suas câmeras, de maneira a capturar a lua.

Ainda, ao analisar a temperatura de sua superfície com a imagem térmica, os cientistas conseguiram entender melhor do que Fobos é feita, teorizando sobre sua origem. As luas de Marte são pequenas e têm um formato irregular, mas astrônomos acreditam que Marte já pode ter tido anéis similares aos de Saturno, e estudos como este ajudam a comunidade científica a entender melhor sobre o passado e, quem sabe, o futuro do nosso vizinho.

Fonte: NASA

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.